Sobre a Faculdade São Bento da Bahia

terça-feira, 3 de agosto de 2010

História Monástica 1


video

Diálogo inter religioso 2

CRISTÃOS E MUÇULMANOS JUNTOS POR UM MUNDO DE PAZ

Côtes d’Armor, 03 ago (RV) - O arcebispo de Rabat, Dom Vincent Landel, fez um apelo aos cristãos e muçulmanos para que trabalhem juntos por um mundo de paz, justiça e reconciliação.

O apelo foi lançado recentemente em Côtes d’Armor, na França, durante a peregrinação dos Setes Dormentes de Éfeso, venerados como Santos pelas Igrejas Católica e Ortodoxa, em 27 de julho.

A festa foi uma ocasião para o prelado ressaltar a importância do diálogo inter-religioso no Marrocos. "A nossa Igreja marroquina quer ser uma Igreja de comunhão, encontro e gratuidade" – frisou Dom Landel. Ele explicou que dos 38 milhões de habitantes do país, os cristãos são 25 mil, todos provenientes de nações diferentes.

"Queremos testemunhar o amor misericordioso de Deus por todos os homens. Isso é uma grande responsabilidade. Devemos ser criativos, percorrer caminhos de conversão e nos enriquecer com as diferenças dos outros. Em Rabat, no coração da cidade, a catedral é o lugar onde os cristãos de várias culturas se encontram, dando testemunho aos muçulmanos marroquinos" – frisou o arcebispo.

Segundo o prelado, os cristãos que vão ao Marrocos por motivos profissionais ou de estudos universitários percebem a importância do diálogo cristão-islâmico não no âmbito de conferências, mas na vida cotidiana, no trabalho, nas universidades, nas relações sociais.

Enfim, Dom Landel exortou os participantes da peregrinação a tomarem consciência de que todo muçulmano deve ser considerado como um irmão, porque é junto com os muçulmanos que os cristãos devem ser promotores de paz, justiça e reconciliação no mundo. (MJ)

fonte: http://www.radiovaticana.com